A AVENTURA CONTINUA

0
40

Quando o Livro Um de nossa trilogia (O Legado do Profeta) chega ao final, evidentemente, o(a) leitor(a) já está bastante familiarizado com os personagens, os Clãs e os perigos da jornada dos Mazaunin em Yankin, em busca do Papiro do Profeta. As coisas vão tomando rumos surpreendentes e é claro que há ainda muito por vir, grandes reviravoltas irão acontecer e a expectativa é que o Livro Dois ― Os Tentáculos da Terra ― seja melhor que o primeiro. Sem qualquer hesitação, posso dizer que é. Agora, com a história já se desenrolando com a intensidade desejada, os personagens mais íntimos dos(as) leitores(as), o mergulho na aventura é mais completo e mais profundo. O livro ganha mais dinamismo, a ação se torna mais intensa e os personagens vão se desnudando mais e mais diante dos(as) leitores(as).

É assim que vamos estreitar ainda mais os laços com Mai Gani, a misteriosa vidente do Clã Turmalina, a espreitar as águas em busca das respostas que seu magaji tanto almeja. Essa mulher pálida, de olhos pequenos e perspicazes, sempre envolta na longa túnica verde-clara que lhe cobre os tornozelos, há de mostrar uma face inesperada aos(às) leitores(as).

Em Os Tentáculos da Terra, a continuidade da travessia do Deserto Vazio ainda reserva muitas surpresas e eventos memoráveis para marcar a trajetória heroica dos expedicionários pela terra fantástica. Até que se aproximem das úmidas áreas pantanosas que os aguardam após o deserto, muitas lutas, muitos embates, muitas dúvidas e superação irão marcar a jornada. Segredos serão engendrados e outros descobertos, e a morte estenderá seus dedos ósseos sobre os aventureiros.

Outros seres míticos os confrontarão, exigindo a mesma coragem, a mesma audácia, a mesma disposição que lhes foram exigidas na travessia do íngreme Deserto Vazio. Personagens que apenas passaram quase despercebidos surgirão com inesperada pujança, com força, revelando facetas até então desconhecidas. Personagens novos aparecerão no palco da história e a trama se desdobrará em novos ritmos e novas cores.

Ainda há muito a se ler, sentir e se aventurar na trilogia A Honra do Clã. Em Os Tentáculos da Terra, o Livro Dois da série, atingimos uma profundidade, talvez, inimaginada. Como afirma o grande poeta Esechias Araújo Lima, no prefácio do livro: “É uma obra densa porque destrinça questões complexas, como justiça social, preconceitos, sentimento de pertencimento, entre outras. Mas, ao mesmo tempo, tem a leveza e o fluxo poético-conceitual das produções inesquecíveis. Mormente quando ele se permite – vezes em meio a lanças, facões, braços e cabeças rolando pela terra – tomar o atalho luminoso da poesia e dar uma demão de verniz lírico à prosa.

O convite está feito! Junte-se ao Clã!

Publique seu comentário

Leia também