• UMA RELAÇÃO ESPIRITUAL

    33
    0
    O filósofo francês Gilles Deleuze disse que “escrever não é assunto privado de alguém”. Talvez, à primeira vista, pareça que o ilustre pensador esteja equivocado, porque muito se fala que a atividade do escritor é solitária, ao ponto de, muitas vezes, haver referências a autores que se distanciaram do mundo ...
  • ALÉM DE TODA IMANÊNCIA

    10
    0
    Desejo iniciar este scriptum com uma pergunta: o que é realidade? Qualquer dicionário nos dirá, em suma, que “realidade é tudo que existe”. Então, pergunto: o que é existir? Existir é ser? E, seja ou não seja, o que é ser? Não é nosso objetivo aqui mergulhar na ontologia. Por ...
  • A LITERATURA É IMPRESCINDÍVEL À VIDA

    58
    0
    Ao prefaciar Os Tentáculos da Terra, Livro Dois da trilogia A Honra do Clã, o poeta Esechias Araújo Lima nos presenteia com um texto belíssimo (como lhe é natural), do qual ouso extrair, dos dois primeiros parágrafos, pequenos e valiosíssimos excertos. Para começar, Esechias intitula assim o prefácio: Prosa e ...
  • O COMPROMISSO DO ESCRITOR

    67
    0
    Na introdução do meu livro O Tocotó de Mulifange (vencedor do Prêmio Profª. Zélia Saldanha, categoria livro de contos, UESB, 2001), afirmo que “a literatura, enquanto arte, tem como característica inata contribuir para o desenvolvimento geral do indivíduo e da sociedade” (O Tocotó de Mulifange, Ed. Uesb, 2002, p. 13). ...
  • ESSAS MARAVILHOSAS MULHERES

    17
    0
    ESSAS MARAVILHOSAS MULHERES Quantos livros você já leu que, quando termina, se sente tomado(a) por um sentimento de saudade? Quais os livros com os quais você se identificou tanto que desejou nunca terminar de ler? Ao trazer para a narrativa um conjunto de mulheres que protagonizam igualmente a história, A ...
  • UMA QUESTÃO CRUCIAL

    22
    0
    Quando a magaji Jarumi Matasa respondeu ao sacerdote-mor Juelício Ju, comandante da expedição, ao pé da montanha Gamuwa Dutsen, enfatizando que a travessia até o Caminho do Funil seria por dentro de sua “casa”, estava enfatizando um conceito muito mais amplo do que parece à primeira vista. Veja o diálogo, ...
  • A INÓCUA VERBORRAGIA DOS OBSCURECIDOS QUE SE PRETENDEM ILUMINADOS

    30
    0
    Talvez pareça de certa crueldade o título que se dá a esta crônica. Bem, talvez. Todavia, é, antes, um exercício de impaciência, desses que a gente adia, evita, desconversa, até que, não conseguindo mais conter o fluxo natural do pensamento, o externaliza. Um grande amigo, poeta de elevada estatura (mais ...
  • QUEM ESCREVE O LIVRO?

    40
    0
    A uma pergunta aparentemente tão óbvia, ocorre-nos, evidentemente, a resposta natural e automática: o escritor. Do ponto de vista da ação em si, certamente não poderia ser outra a resposta. Acontece que, se de fato quisermos compreender alguma coisa, forçosamente teremos que examiná-las a partir de vários pontos de vista ...
  • O POVO QUE NÃO LÊ

    36
    0
    A literatura está para o povo como a chuva para a lavoura. Ambas — literatura e chuva — significam vida. O desabrochar, o florescer, o crescer e se desenvolver e o dar frutos. O povo que não lê não desabrocha. Permanece semente sob a terra, na escuridão, sem encontrar o ...
  • O ESCRITOR, ESSE DESCONHECIDO

    28
    0
    Quem é o escritor? Quando lemos um livro, enveredamos pela mente de alguém. A mente do escritor! Às vezes, porém, mergulhamos na leitura de modo tão intenso que nem sequer imaginamos a pessoa que escreveu a história. Por nosso pensamento não passa quem é essa pessoa que construiu o enredo, ...