NÃO HÁ LUGAR PARA PRECONCEITO

0
12

A diversidade na sociedade é uma prova de que o desenvolvimento, seja no mundo natural, seja no mundo social, depende da existência de diferenças. São as diferenças que proporcionam a reflexão, a alternativa, a ampliação do conhecimento a respeito das coisas da vida e a busca pela compreensão universal. Essa alteridade move a humanidade. Resistir ao diferente, só porque é diferente, evidencia uma incapacidade intrínseca para a vida, pois vida é desenvolvimento, compartilhamento e simbiose.

Toda e qualquer espécie de preconceito contraria os princípios mais elementares da vida em sociedade. Aliás, o ajuntamento humano, a vida coletiva é uma necessidade de sobrevivência para qualquer pessoa. O poeta e religioso inglês John Donne (1572–1631) escreveu que “nenhum homem é uma ilha”. Todos nós precisamos uns dos outros. É da essência da vida. Daí que preconceitos como o de gênero, de orientação sexual, de origem, de qualquer tipo, enfim, revela uma miséria espiritual dolorosa e profunda.

O racismo, como expressão odiosa do preconceito, tem sido a razão de todo tipo de divisão, violência e sofrimento. Na era contemporânea, quando a humanidade vive no período que se convencionou chamar de pós-modernidade, é espantoso verificar que o racismo continua a grassar em nossa sociedade (e em tantas outras) como um câncer, como uma doença que destrói o tecido social sem piedade e sem trégua.

O preconceito de classe, que segrega os economicamente pobres, que estabelece diferenças de tratamento e oportunidades entre os que possuem riquezas e os que são despossuídos de bens e dinheiro, característica brutal das sociedades capitalistas, marca profundamente este século e demonstra que a humanidade, apesar dos milênios de aprendizagem, aprendeu muito pouco, quase nada!

A Honra do Clã é um livro de aventura e fantasia que conta uma história fantástica e envolvente. Não é, todavia, um livro superficial, que se limita a distrair o leitor. A trilogia épica penetra em terreno necessário, abordando temas de elevada sensibilidade e provocando reflexão a respeito deles. O enfrentamento dos variados tipos de preconceitos confere profundidade aos diálogos e enriquece de modo peculiar a narrativa. A Honra do Clã é um convite à vida em toda a sua beleza, força, grandeza e unidade entre os povos.

Venha conferir! Junte-se ao Clã!

Publique seu comentário

Leia também